Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

Portuguesa Green Swan compra maior rede de lojas de brinquedos da Holanda

Exame

Os donos da Toys'R Us em Portugal e Espanha adquiriram a Intertoys semanas depois de a rede de lojas ter ido à falência. Com a compra passam a ser "o maior retalhista de brinquedos da Europa continental."

A Green Swan, grupo português que comprou no ano passado a atividade da Toys' R Us em Portugal e em Espanha, voltou às aquisições de empresas em dificuldades no setor do retalho de brinquedos. Desta vez, o alvo é a Intertoys, maior empresa holandesa de venda de brinquedos, que recentemente foi declarada falida.

O acordo de compra, feito com a Alteri Investors, passa por manter aberta a maior parte das lojas (das 286 deverão fechar pelo menos 91 até meados de maio) e preservar entre um terço e metade dos postos de trabalho. Dos atuais 3 200 empregados, mil a 1 500 manterão o vínculo.

No comunicado da Alteri Investors, Paulo Andrez, CEO da Green Swan, salienta a experiência multicanal que pretende imprimir à Intertoys e realça que esta operação, somada às compras da Toys R'Us em Portugal e Espanha e da Maxitoy "está a conseguir revitalizar o turbulento mercado dos brinquedos."

“O acordo abre caminho à recuperação de uma parte substancial das lojas na Holanda e torna a Intertoys parte do maior grupo de retalho de brinquedos da Europa,” refere a Alteri Investors, que não revela o valor da transação.

A Intertoys, maior rede de lojas de brinquedos da Holanda e criada em 1977, pediu a suspensão de pagamentos em meados de fevereiro e, uma semana depois, o tribunal de Amesterdão aceitou a conversão desta situação em falência, com a indicação de curadores que ficaram incumbidos de encontrar um comprador para parte dos ativos, mantendo as lojas abertas.

Segundo a Alteri Investors (a quem a empresa tinha sido vendida em outubro de 2017 pela Blokker Holding) a Intertoys apresentava um turnover de €475 milhões por ano. As vendas de liquidação das 91 lojas que serão encerradas arranca este fim de semana.

Em janeiro passado a Green Swan, já tinha também adquirido à Blokker Holding os ativos da Maxi Toys, com lojas na Bélgica, França, Luxemburgo e Suíça. No final de fevereiro acrescentou à carteira a rede de lojas da Bart Smit, comprada igualmente à britânica Alteri.

Segundo um outro comunicado divulgado pela Green Swan em Portugal, a operação anunciada esta sexta-feira garante a presença em sete mercados europeus (Portugal, Espanha, França, Bélgica, Suíça, Luxemburgo e Holanda), permitindo superar 400 lojas nas três marcas geridas.