Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

Delta entra num novo segmento com barra de cereais energizante

Exame

Luís Barra

A empresa fundada por Rui Nabeiro adiantou à VISÃO as novidades que querem conquistar o mercado em 2019. A entrevista com o CEO da Delta Cafés, Rui Miguel Nabeiro, neto do fundador, está disponível na VISÃO desta semana, amanhã nas bancas

São sete, “embora nem todas elas sejam produtos”, atira Rui Miguel Nabeiro, CEO da Delta Cafés com um sorriso. O responsável adiantou à VISÃO as novidades que vão chegar ao mercado em breve, e que esta terça-feira, 30 de outubro, foram apresentadas publicamente no Centro Cultural de Belém. Uma lista que deu o mote a uma conversa sobre liderança e inovação para ler na edição desta semana (dia 31 de outubro nas bancas).

Croffee

“É uma barra de cereais com café e vamos ter uma versão com chocolate e outra sem chocolate. Tem a cafeína de um café expresso, portanto comer um croffee é o mesmo que beber um café”, explica Rui Miguel Nabeiro. A ideia partiu da equipa de vendas internacional e vai chegar em todos os países em que a Delta tem presença já durante o mês de dezembro. O produto marca a entrada da marca numa nova categoria de mercado. “É uma categoria nova para nós, onde ainda não jogávamos e onde ninguém tem nada deste género. O que é disruptivo aqui é ter energia associada à indulgência. E acreditamos que vais ser vencedor”, afirmou o responsável.

Go Chill

“É um ready to drink frio com leite: um café latte, um cappuccino e também um cappuccino com leite de aveia 100% biológico. É um produto para beber frio e on the go, direcionado para estudantes universitários, para quem trabalha em escritórios…”. Também este produto partiu de uma ideia interna e foi depois desenvolvida pela Delta, que consegue assim piscar o olho a um público mais jovem do que o tradicional.

Drip Coffee

Basicamente, um café que não precisa de máquina e que recupera os momentos de tranquilidade associados ao antigo café de saco. “É associado a um momento de pausa e descontração. É vendido em saquetas individuais. Abre-se a saqueta, coloca-se na caneca e só precisa de ferver água como se fosse para o chá. É uma infusão. Uma espécie de café de saco móvel”, diz com um sorriso. “É um café 100% arábica, muito suave, para quem tem tempo para aproveitar e ir degustando um café que é uma experiencia”. O produto já está atualmente disponível para consumo.

WalQ

Lembra-se daquelas mochilas com que lhe vendem cervejas nos festivais de verão? Agora imagine que pode também ter um café expresso! A tecnologia foi desenvolvida pela Delta em parceria com a 2East, a marca portuguesa que criou essas mochilas, e permite-lhe ter café expresso de cápsula em qualquer lugar, com recurso a uma micromáquina que funciona com uma reserva de água quente e ar comprimido. É uma tecnologia que desenvolvemos, de um sistema que parece uma pistola que na verdade é um grupo de extração de café em que se insere a cápsula, fecha-se, coloca-se o copo e dispara-se um café expresso. Não há eletricidade sequer nisto: há é recurso a uma mochila com água quente e ar comprimido. Se quisermos subir ao Evereste e tirar um café expresso lá em cima, podemos fazê-lo”.

Delta Q Qids

Agora os mais novos já se podem juntar ao tradicional café depois da refeição. Estas cápsulas, pensadas especialmente para eles, contêm uma mistura de cevada com chocolate para dar origem a uma bebida curta. “Tem a ver com aquele momento em que as crianças tiram o café para os pais e querem beber qualquer coisa para elas”, explica Rui Miguel Nabeiro. “A ideia não é ter um achocolatado para tomar ao pequeno almoço, mas uma bebida curta para beber com os pais”.

Chefs Collection

A 2ª edição desta iniciativa coloca no mercado cápsulas com blends da autoria dos chefs Ljubomir Stanisic e Ricardo Costa. Desafiámos estes dois chefes para estarem connosco por características muito distintas: O Ljubomir quer fazer coisas muito desafiadoras e fora da caixa, enquanto o Ricardo gosta de precisão, do detalhe, de tudo muito controlado. E acho que os blends que eles fizeram refletem muito isso”, revela o gestor. “O café que o Ricardo Costa fez é um café muito suave e aromático, o café do Ljubomir é um café super encorpado cheio de caráter”. As edições especiais estarão disponíveis no mercado entre janeiro e fevereiro.

Embaixadores

Ricardo Pereira e Pedro Pauleta vão ser os embaixadores da Delta, no Brasil e em França, respetivamente, à semelhança do que aconteceu com Anselmo Ralph em Angola. “A Delta assume-se claramente como uma marca portuguesa e assumimos sempre essa portugalidade. Por isso fomos buscar duas figuras públicas portuguesas para nos ajudar no endorsing fora de Portugal”, adianta o responsável. “Para o Brasil vamos trabalhar com o Ricardo Pereira, e para França vamos trabalhar com o Pedro Pauleta, sobretudo a zona de Paris. O Pauleta tem um goodwill espetacular ali, temos uma afinidade enorme com ele, tem valores muito próximos dos nossos e é uma figura com quem temos a certeza de que vai correr bem. São duas figuras muito relevantes nos mercados em que atuam, são portugueses…reforça o nosso posicionamento de especialista em café de Portugal”, remata o gestor.