Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

Jogo online gera 28 milhões em imposto até junho

Exame

A receita bruta gerada pelo jogo online subiu 23,6% no primeiro semestre. Mais de metade deste valor veio das apostas desportivas à cota, num período marcado pelo mundial de futebol.

O jogo online em Portugal movimentou 70,2 milhões de euros em receitas brutas no primeiro semestre do ano, uma subida de 23,6% em relação ao mesmo período de 2017. Já o imposto especial de jogo arrecadado através desta atividade totalizou 27,9 milhões de euros, um aumento homólogo de 14,34%.

Os dados constam do relatório sobre atividade do jogo online em Portugal, disponibilizado pelo Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ) do Turismo de Portugal no seu site. Segundo o documento, as apostas desportivas à cota online representaram mais de metade das receitas brutas (37,9 milhões de euros), uma subida homóloga de 21%.

A marcar o desempenho do segundo trimestre deste ano esteve a realização do campeonato mundial de futebol, que arrancou em meados de junho. Nesse mês a receita bruta de apostas desportivas à cota atingiu os 7 milhões de euros, mais do que o dobro dos 3,4 milhões registados um ano antes. O volume de apostas desportivas à cota atingiu 191,1 milhões de euros entre janeiro e junho, tendo o futebol representado cerca de três quartos do volume total.

Já a receita bruta associada aos jogos de fortuna ou azar totalizou 32,3 milhões de euros, um aumento homólogo de 27,7%. O volume de apostas em jogos de fortuna ou azar alcançou, nos primeiros seis meses, 909 milhões de euros. Contudo, uma vez que o SRIJ não fornece neste relatório os valores para o primeiro semestre de 2017, não é possível calcular a evolução homóloga. Mais de metade das apostas teve origem nos jogos de máquina.

No final de junho havia oito entidades autorizadas a explorar jogos e apostas online no País, que detinham 13 licenças – seis para apostas desportivas à cota e as restantes sete para jogos de fortuna ou azar.

Em três anos, desde que o regime jurídico dos jogos e apostas online foi publicado, o SRIJ notificou 302 operadores ilegais para encerrarem a sua atividade em Portugal e os fornecedores de serviços de internet receberam 237 notificações daquele serviço para bloquearem os sites dos operadores ilegais que não acataram a ordem de encerramento.

Na sequência destas operações, foram feitas 11 participações junto do Ministério Público para instauração de processos-crime, conclui o relatório.