Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

Penha Longa de olho nos futuros clientes

Exame

Teddy Bear Afternoon Tea quer juntar miúdos e graúdos à mesa com menus à medida de cada um.

Depois de, no ano passado, o Penha Longa Resort ter passado a disponibilizar a hóspedes e público em geral o Afternoon Tea, este ano a aposta estende-se também aos mais pequenos. Cada vez mais atento às necessidades das experiências familiares, a unidade hoteleira junta esta oferta a uma quantidade de outras atividades que já disponibiliza para aqueles que poderão ser os seus clientes do futuro: o Teddy Bear Afternoon Tea é uma experiência que inclui comida mais ou menos saudável – como se quer – e um pequeno peluche para aliciar os mais novos. A ideia é poder juntá-los à mesa com os pais, mas com um menu à sua medida.

Apesar de ser especialmente vocacionado para crianças a partir dos 4 anos, numa espécie de garantia de que estarão mais dispostas a experimentar tudo, a EXAME fez a prova com uma cliente mais pequena. O resultado? Alguns riscos de lápis de cera (dados pelo Penha Longa) nos menus, muitos autocolantes (também oferta do hotel) colados nas mãos, testas, blusas e bancos, e vários guardanapos espalhados pelo chão. Ao kit que recebe os miúdos faltam, talvez, algumas folhas brancas que lhes permitam dar largas à criatividade sem ter que atentar contra o mobiliário, embora se tenha tentado utilizar as que vinham na pasta, ainda que com informação impressa. A incrível cortina de madeira que separa o B.Lounge, onde é servido o lanche, do lobby do hotel, tambémé um ótimo ponto de brincadeira, pelo que a nota para o quesito ‘capacidade para entreter os miúdos’ foi imediatamente positiva.

Se fizer reserva – que se aconselha – a mesa estará preparada assim que chega, com os pratos, talheres, chávenas e uma seleção de compotas. Depois começa a ser trazido aquilo que se pode chamar de um verdadeiro repasto, ainda que só tenha o nome de lanche. Para os consumidores de palmo e meio, dois pratos cheios de iguarias – que felizmente puderam ser partilhados pelos adultos – compõe o menu clássico: uma mini sanduiche mista, um mini croissant com doce de morango, uma colorida espetada de fruta e gomas, uma cookie temática (a que experimentámos era um Coelho de Páscoa) e um delicioso brigadeiro de chocolate, para além do tradicional chá e sumo de fruta. A preferência foi para os pauzinhos das espetadas, com os quais se torna sempre divertido brincar, mas pelo meio a fruta também foi bem acolhida. A mini sanduíche teve sucesso, tal como os pequenos bolos que acompanham os chás dos adultos. A quantidade é, talvez, excessiva, mas permite que os graúdos comprovem a qualidade dos alimentos, pelo que nada se perde.

A faltar ficaram algumas soluções como iogurtes ou papas de fruta, que podem ser necessárias quando se leva crianças com menos de 4 anos adeptas de boa comida – há uma seleção de sumos naturais que não colheu preferência e a alternativa era água. O pequeno ‘Penha’, o urso que acompanha toda a refeição, andou a passear de colo em colo, mas recebeu menos atenção do que os já referidos autocolantes, uma solução simples e eficaz quando é preciso manter os mais pequenos ocupados para que se consiga beber a seleção de chás à vontade.

É que para os adultos as opções podem parecer menos divertidas mas são igualmente saborosas: sanduíches de salmão e queijo creme, scones com créme fraiche ou manteiga, tarte de limão merengada, ou várias delícias de chocolate encantam o olhar e não desiludem no paladar. Devemos confessar que roubámos o croissant com doce de morango do menu infantil, e não nos arrependemos. As doses são francamente suficientes, sobretudo porque esta é uma refeição que se faz sem olhar para o relógio, o que de alguma forma ajuda a diminuir o nosso apetite.

Como o lanche acontece no B.Lounge onde o bar é conhecido por ter uma seleção de mais de uma centena de gins, o público é eclético e havia algum receio de que as crianças perturbassem a paz que muitos hóspedes procuram neste tipo de estabelecimento, ou de que não fossem muito bem aceites. No entanto, o espaço está inteligentemente dividido, e o som vai-se dispersando, havendo em toda a sala um ambiente de descontração do qual até as crianças parecem desfrutar. Se o Teddy Bear Afternoon Tea acompanhar a afluência do Afternoon Tea (que tem as versões Classic e Signature), o Penha Longa terá feito uma aposta certeira, que para além de servir as famílias de hoje, ainda se pode materializar em efeitos a longo prazo. Afinal, qual é a pessoa que, em idade adulta, não quer regressar aos lugares onde foi feliz na infância?