Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

Zuckerberg recusa comparecer perante deputados

Exame

O presidente do Facebook comunicou aos deputados britânicos que vai ser representado ou pelo Chief Tecnology Officer ou pelo Chief Product Officer.

Mark Zuckerberg tinha sido chamado pelos deputados britânicos para prestar desclarações sobre o escândalo que envolve a Cambridge Analytica, sobre a utilização indevida de dados de utilizadores da maior rede social do mundo. No entanto, o presidente da companhia já fez saber, através de um comunicado, que "declina o convite" mas que "pediu pessoalmente a um dos seus vices" para estarem presentes. Ainda não está definido, no entanto, se caberá a Mike Schroepfer, Chief Technology Officer ou a Chris Cox, Chief Product Officer representar o empresário.

O presidente da Comissão que pediu a audição de Zuckerberg, Damian Collins, afirmou entretanto que é com satisfação que convida Chris Cox a ser ouvido, mas que ainda assim gostariam de falar com Mark Zuckerberg. Na mesma ocasião, o deputado britânico afirmou que vai sugerir ao presidente do Facebook que possa ser ouvido através de video-chamada, se a agenda não lhe permitir estar presente em Londres.

A informação surge precisamente no mesmo dia - 27 de Março - em que Christopher Wylie, o antigo funcionário da Cambridge Analytica que denunciou a história, está a ser ouvido perante uma comissão de deputados britânicos.