Exame

Siga-nos nas redes

Perfil

Google traz hub tecnológico para Portugal e contrata 500

Exame

© Arnd Wiegmann / Reuters

Tecnológica chega a Oeiras em junho, anunciou o primeiro-ministro a partir de Davos. Google diz que a operação será totalmente dedicada a fornecedores externos.

Paulo Zacarias Gomes

A multinacional norte-americana Google vai instalar a partir de junho um hub tecnológico em Portugal, um investimento que criará 500 postos de trabalho. O anúncio do investimento, que será realizado em Oeiras, foi feito esta quarta-feira, 24 de janeiro, pelo primeiro-ministro António Costa, em Davos.

“Havia vários países a disputar este investimento da Google. A gigante tecnológica americana escolheu Portugal“, disse Costa numa conferência realizada no âmbito do Fórum Económico Mundial realizado na Suíça, citado pela Lusa.

À EXAME, uma porta-voz da Google confirmou o investimento. “A Google está a abrir uma nova operação comercial em Lisboa, que será totalmente dedicada a fornecedores externos". Na mesma resposta escrita, aquela fonte especifica que o objetivo da operação é "instalar alguns dos muitos fornecedores que apoiam as operações da Google,” mas não avança valores para o investimento previsto.

O centro de serviços a localizar no país funcionará para apoio à zona EMEA (Europa, Médio Oriente e África) terá 500 postos de trabalho no momento de arranque da atividade, segundo António Costa. A Câmara de Oeiras, liderada por Isaltino Morais, diz que a notícia "vem reforçar (...) a posição de Oeiras enquanto principal destino-sede das empresas de base tecnológica em Portugal."

Uma vez implementado, nota o jornal espanhol El País, o centro a localizar em Portugal terá mais do dobro do número de funcionários que a dona do motor de busca hoje emprega no país vizinho e que é inferior a 200 pessoas.

No final do ano passado, em declarações ao Expresso, o presidente da Google EMEA, Matt Brittin, reconhecia que tinha chegado o “momento de investir” em Portugal, apontando como vantagens do país o “bom estilo de vida” e a existência de apoios do Governo ao empreendedorismo. Foi nessa altura, durante a Web Summit, que começaram os contactos para a instalação do centro de serviços, confirmou o Ministério da Economia na rede social Twitter.

Em Portugal, a Google é liderada por Bernardo Correia. A multinacional chegou ao país em Junho de 2007.

Em menos de um ano esta é pelo menos a sexta multinacional com presença na área tecnológica a anunciar a escolha de Portugal para a instalação de centros de serviços.

Em Maio do ano passado a automóvel Mercedes escolheu Lisboa para abrir um centro de competência, mesmo mês em que a CGI inaugurou em Sintra o Cloud Innovation Center. Em Junho a Accenture inaugurou em Braga o seu novo centro de tecnologia.

Em Outubro foi a vez da Uber anunciar Lisboa como sede do novo centro de excelência europeu e, em Novembro, também a alemã Zalando - plataforma de moda online - revelou que vai criar um centro tecnológico na capital.

Com Lusa/ Notícia atualizada às 16:36