Berlim, 11 ago (Lusa)- O ministro alemão da Economia, Philipp Roesler, disse hoje estar "dececionado" pela falta de avanços visíveis das reformas implementadas pela Grécia, e acusa Atenas de não aproveitar as "ofertas" de Berlim para o país sair da crise.

"Estou desiludido", afirmou o ministro alemão em declarações à revista alemã "Focus", acrescentando que a Alemanha "ofereceu um amplo apoio ao Governo grego e os gregos não fizeram uso dessa ajuda".

Philipp Roesler provocou uma polémica acesa há algumas semanas atrás quando disse, numa entrevista à televisão pública alemã, que um possível abandono da Grécia da zona euro deixaria de lhe "causar espanto".