Miami, Estados Unidos, 12 ago (Lusa) - Exilados cubanos lançaram no sábado fogo de artifício frente à costa de Cuba para reclamar liberdade de expressão e o fim da censura na internet, disse à agência Efe Rafael Tur, diretor do Movimento Democracia.

"A primeira de três rajadas de luzes foi lançada para exigir ao regime que dê acesso à internet e liberdade de expressão aos cubanos. Não quer fazê-lo e dessa maneira está a censurar o povo", disse Rafael Tur, diretor do movimento responsável pela organização do evento.

O fogo de artifício foi lançado a partir de um de quatro navios localizados a 20 quilómetros de Havana, em águas internacionais.