E se repente... tivesse houvesse um terramoto no mundo inteiro? Mas... não era um terramoto mau, porque acontecia uma mudança extraordinária. Com este terramoto não havia mortes, nem feridos, nem havia queda de edifícios. Em vez disso, aconteciam coisas boas! Muito boas. A terra tremia sim, mas acabavam as guerras e as doenças.

Com este tremor de terra começava um novo mundo! As pessoas ficavam mais felizes e mais satisfeitas com a vida, passando a dar mais valor ao que têm.

De repente, acabavam os roubos e os assaltos, e as pessoas já se sentiriam seguras ao passear com as famílias.

Assim, já não haveria medos! A fome que havia em muitos bairros tinha desaparecido. As casas, ao tremer, passaram a ter óptimas condições.

Muitas pessoas voltaram à escola para aprender o que ainda não sabiam. Todos gostavam de ir à escola.

Como toda gente passava a viver melhor, havia muitas famílias que regressavam aos seus países de origem, pois já não precisavam de emigrar para encontrar emprego, pois havia emprego em todo o lado.

Com o abanão, a consciência dos seres humanos sofreria uma mudança também e passavam a cuidar bem melhor do ambiente.

Se houvesse um terramoto assim, tudo ficaria bem e melhor! É que agora, todos viviam felizes.

Vitória! Vitória! Acabou a história!

 Autores:

Ana Isabel Sousa

Ana Margarida Gomes

Ana Sofia Pereira

Blenda Neves

Domingos Cachia

Estalónia Brás

Fernando Santos

Flávio Centeio

Lisa Batcha

Samba Baldé

Robert Mendes

Saco Manga

Titina Batcha

Sofia Reis

Lucas Sousa

Daniel Braz

6º A

Escola EB - 2º e 3º Ciclo de Alapraia, ano lectivo de 2010/2011