O professor universitário e membro do Conselho Nacional de Ética Agostinho Almeida Santos entende que dois médicos poderão decidir confirmar a morte do cantor e ator Angélico Vieira desde que declarada a falência do sistema nervoso central.

Para este professor aposentado da Faculdade de Medicina de Coimbra, isso deverá ser decidido após a declaração de morte cerebral.

É necessário que isso seja confirmado por dois especialistas, normalmente da área da neurologia e dos cuidados intensivos -- explicou, acrescentando ser esse o entendimento do Conselho Nacional de Ética.