Lembra-se da expressão mata-bicho, que era usada durante os trabalhos no campo quando se fazia uma pausa para matar a fome ou a sede?

Ora, é precisamente para evocar esses momentos de partilha que Rosa Filipe Santos, 37 anos, acaba de lançar a marca de bolachas salgadas Mata-Bicho (a partir €3), feitas de farinha de trigo, azeite, sal, água e fermento.

Com variações de piripíri, alho, orégãos e cebola. Além de "muito pouco calóricas", são "um ótimo aperitivo". Mas este não é o primeiro projeto de Rosa. Formada em Economia, lançou-se há dois anos como empresária com as bolachas artesanais Amor de Biscoito, a partir da vila de Ansião.

Na origem da ideia estão as "lesmas", um biscoito feito de canela e azeite que Rosa se habituou a fazer desde pequena. "Porque não dedicar-me a isto?", pensou numa altura em que precisava de dar uma reviravolta na vida.

Hoje, a Amor de Biscoito - que já exporta para a Alemanha e, em breve, para Espanha, França e Angola - tem biscoitos de noz, amêndoa, chocolate, limão, coco, erva-doce e mel (a partir €5) com base nas receitas da Tia Luísa, da amiga Isabel, da mãe, da avó.

A acompanhar este negócio está ainda a Casa de Chá, em Ansião, e, em breve, uma casa de petiscos sob a insígnia Mata-Bicho tentando "harmonizar os dois conceitos". "Paixão pelo que faz" é o seu lema. E, a avaliar pela qualidade dos seus produtos, ninguém duvida.


MATA-BICHO E AMOR DE BISCOITO
À venda em lojas gourmet e mercearias finas de todo o País como o Clube del Gourmet e Supercor do El Corte Inglés.
www.amordebiscoito.com