A Interpol tinha emitido um mandado de captura internacional sobre Luka Rocco Magnotta, um ator canadiano de filmes pornográficos, depois de o tronco, sem cabeça, do seu namorado, o chinês Jun Lin, de 33 anos, ter sido encontrado em Montreal.

Magnotta é ainda suspeito de ter enviado por correio pacotes com os membros do seu namorado. No final de maio, um pé humano foi entregue na sede do Partido Conservador canadiano, no poder. Um segundo pacote, com uma mão, foi encontrado horas depois pela polícia, e tinha como destinatário o Partido Liberal de Ottawa.

Segundo o proprietário do cibercafé onde o ator foi detido, um funcionário reconheceu-o porque tinha acabado de ler uma notícia sobre o caso.