Pêlos? Outra vez? Grrr..." Já que não se pode vencê-los, há que tirar o melhor partido deles. Escuros, louros, brancos ou ruivos, os habitantes da zona púbica são, agora, estrategicamente aparados e removidos com cera. E as pilosidades esculpidas com critério, fazendo da pele uma tela sugestiva. A depilação genital revela-se uma prática com cada vez mais adeptos, e a variante com desenhos é muito solicitada em épocas festivas, sobretudo por mulheres.

O culto irrompeu nos salões de beleza e já faz parte dos hábitos íntimos de ambos os sexos, assegura à VISÃO a esteticista Neide Cordeiro, 26 anos, do Moreno Cabeleireiros, em Lisboa: "Natal, Ano Novo e Carnaval, Dia dos Namorados e ocasiões especiais, como luas-de-mel e aniversários de namoro ou casamento, são as alturas em que o pedido artístico é mais frequente." O procedimento é simples: um desenho com lápis de maquilhagem sobre o pêlo aparado e posterior desbaste, com cera, a partir dos contornos definidos. Há quem tente fazer o mesmo em casa, com recurso a máquinas de corpo ou com lâmina, mas o efeito dura menos e o acabamento pode não ser o melhor. Esta decoração aposta no factor surpresa e, ao invés das tatuagens, permite variar o desenho, após algumas semanas (ver infografia).

Hoje, a remoção de pêlos na zona genital (e, também, na área anal e do períneo) já não se faz só no Verão, no feminino e pela marca do biquíni brasileiro. A moda da retirada total, ou quase total, dos pêlos púbicos - ou "depilação de quatro" (designação inspirada na posição de gatas, que facilita a tarefa a quem faz o trabalho) - está a ganhar terreno nas rotinas de higiene íntima e a popularizar-se como símbolo de juventude e sofisticação. Quem experimenta tende a repetir, por gostar do resultado e por estranhar ver-se, depois, com um aspecto primitivo.

Virilha brasileira, virilha total, meios--glúteos, interglúteos. As denominações são diversas e constam das tabelas de preços dos profissionais. Com três centros na área da Grande Lisboa e há 25 anos no mercado da estética, Manuela Rebelo confirma o aumento da procura neste campo. As mulheres são, ainda, o grosso da clientela: "Quanto mais jovens, mais motivadas para tirar tudo, embora algumas peçam para deixar apenas um pequeno triângulo ou risca." Esta técnica, designada fotodepilação (tecnologia que actua na raiz do pêlo e requer várias sessões), está a conquistar adeptos, homens incluídos. Eles pedem informações e, aos poucos, tornam-se clientes fiéis.

Tira, Tira!

Nos fóruns que proliferam na net, homens e mulheres comentam as vantagens e os desafios das técnicas usadas para ficar "mais bonita(o) lá em baixo", tiram dúvidas e dividem-se entre as opções disponíveis: as mais sofisticadas são mais caras e envolvem algum grau de dor, havendo quem não se atreva a ir tão longe. Pelo menos por enquanto. Luís Costa, master de marca das três lojas da Logic Man, em Portugal, exclusivas para homens, retrata os seus clientes regulares: "A maioria faz algum tipo de desporto e quer ver-se livre dos pêlos para ter mais liberdade de movimentos e transpirar menos, mas também invocam razões estéticas e de agradar à parceira."

Após experimentar várias técnicas, o designer José Grilo, 38 anos, descobriu a que melhor se adapta a si: uma máquina com lâmina e aparador. O ritual cumpre-se à sexta-feira e dura meia-hora: no banho, cabeça, axilas, peito e genitais são passados "a pente-fino" e, no final, aplica creme hidratante. "Esta técnica é confortável e esteticamente preferível, além de a executar eu próprio", esclarece. Os amigos riram-se, no princípio, mas alguns já lhe seguiram as pisadas. Para trás ficou uma iniciação a não repetir, quando lançou mãos à máquina de cera lá de casa, há dois anos, para surpreender a mulher: "Aquilo foi de doidos; tirar pêlo pela raiz, nunca mais!"

A vontade de livrar-se dos adereços naturais e com funções protectoras muito se pode dever à influência da publicidade e dos filmes. Mas, como explica a sexóloga Maria do Céu Santo, há ganhos secundários imediatos. Entre os efeitos mais desejados, diz, estão "o aparente aumento do pénis" e "o maior destaque dos lábios vaginais". E, além de estimular a libido, apaga os pêlos brancos, indesejáveis marcas de envelhecimento.