Uma marca francesa de refeições ultracongeladas confirmou hoje que foi detetada carne de cavalo em dois lotes de lasanha à bolonhesa, produtos que tinham sido retirados preventivamente do mercado francês no passado dia 06 de fevereiro.

É a primeira vez que carne de cavalo é detetada em produtos, supostamente confecionados com carne de vaca, comercializados em França.

Até à data, os vestígios de carne de cavalo só tinham sido detetados em produtos comercializados pela marca sueca Findus no Reino Unido.

A Picard divulgou um comunicado  a explicar o que aconteceu com a bolonhesa Formule Express.