A cena passou-se na ilha de Saint-Martin, nas Caraíbas, local de férias de Páscoa aqui do vosso amigo Faustino Diamante, um Olheiro experimentado, que já viajou os sete mares.

O aeroporto de Maho é pequeno. Tão pequeno que o fim da pista de aterragem e descolagem fica precisamente em cima da praia. E é quando os aviões se preparam para descolar que alguns banhistas resolvem praticar um desporto, no mínimo, arriscado: desafiar a força dos motores do avião. Agarram-se às redes e tentam resistir à deslocação do ar. Normalmente... dá asneira.