Caroline Lovell ainda foi transportada de urgência para o hospital, mas os médicos não conseguiram reanimá-lá.

Defensora ativa dos partos em casa, a australiana, fotógrafa profissional, chegou a fazer chegar ao Governo australiano uma proposta para defender os direitos das parteiras, como remuneração e indemnizações.

Mãe de uma menina, Lovell morreu na sequência do parto da segunda-feira, assistido na sua casa em Melbourne, por parteiras.