D. Januário Torgal Ferreira acusou o Governo de Passos Coelho de ser "profundamente corrupto". Na segunda-feira, durante a participação no programa Política Mesmo, da TVI24, o bispo das Forças Armadas chegou a afirmar que os membros do governo de Sócrates eram uns "anjos", comparados com "estes diabinhos negros".

"O problema é civilizacional, porque é ético. Eu não acredito nestes tipos, em alguns destes tipos, porque são equívocos, porque lutam pelos seus interesses, porque têm o seu gangue, porque têm o seu clube, porque pressionam a comunicação social, o que significa que os anteriores, que foram tão atacados, eram uns anjos ao pé destes diabinhos negros que acabam de aparecer", afirmou, sem papas na língua, D. Januário.

"Há jogos atrás da cortina, habilidades e corrupção. Este Governo é profundamente corrupto nestas atitudes a que estamos a assistir", disse D. Januário: "Nós estamos numa peregrinação em direção a Bruxelas e quando tudo estiver pago daqui de Portugal sai uma procissão de mascarados a dizer: vamos para um asilo, salvem-nos".