"Quando soube que uma em cada sete crianças no mundo vai para a cama com fome todas as noites não duvidei em envolver-me", disse o capitão da seleção portuguesa numa nota difundida pela organização.

A estrela do Real Madrid disse que era "uma honra" aliar-se ao Save the Children e prometeu tudo fazer para garantir que "menos pais tenham de lutar para alimentar de forma adequada os seus filhos".

"Também quero animar os miúdos a saírem de casa, a estarem ativos e  saudáveis. Como pai, sei o importante que é dar ao meu filho de dois anos  uma vida saudável desde o início e quero que todos os meninos e meninas  tenham essa oportunidade", acrescentou.