Lisboa, 04 jul (Lusa) - A economia portuguesa retomou a tendência recessiva no segundo trimestre e deve recuar três por cento face ao período homólogo, prevê o Núcleo de Estudos de Conjuntura da Economia Portuguesa (NECEP) da Universidade Católica.

Na sua folha trimestral de conjuntura, o NECEP estima que "após um primeiro trimestre favorável devido a flutuações pontuais das existências e por outros efeitos de calendário", nomeadamente o facto de o ano ser bissexto, se verifique uma contracção do PIB de 1 por cento em cadeia e 3 por cento em termos homólogos.

De acordo com esta análise, que se baseia nos dados disponíveis até 3 de julho, para 2012 o NECEP "prevê uma recessão menos acentuada, de -2,7 por cento, beneficiando da evolução favorável do primeiro trimestre e da queda dos preços do petróleo, mas sofrendo com as medidas de consolidação orçamental, bem como com a conjuntura externa enfraquecida".