O Airbus A320 voava sobre Denver, no Colorado, às 5h56 de quarta-feira passada quando estabeleceu o último contacto via rádio com os controladores de tráfego aérego. O voo partira de San Diego com destino ao Aeroporto de Minneapolis, com 144 passageiros e cinco tripulantes, mas os pilotos não aterraram quando deviam e ainda voaram mais 240 kms.

Na origem da distração terá estado o uso dos computadores, enquanto discutiam os planos de voo para o mês seguinte.

"Nenhum dos pilotos se apercebeu de onde o avião estava até que uma hospedeira os interpelou cerca de cinco minutos antes da hora a que deveriam ter aterrado e perguntou-lhes a hora estimada da chegada", lê-se no relatório.