Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Um Homem com Sorte: O lugar comum é um lugar?

Cinema

  • 333

Um homem com sorte

Um "filme-knorr": basta juntar água e as 'sentimentalices' de Nicholas Sparks

Aqui está um filme aconselhável a cardíacos. Onde nada surpreende, nada palpita, nada sobressalta, nada emociona, nada acontece, em suma. Assim, muito obrigada. Francamente já não nos lembrávamos de que era possível fazer (tele)filmes assim, lisos com um prato de sobremesa. Sim, porque se fosse como um prato de sopa, já teria profundidade para acolher mais conteúdo. Assim temos o esquematismo raso das imagens que servem perfeitamente ao simplismo dos diálogos e da história, numa previsibilidade que até irrita. E afinal, não. Retira-se o que acima se disse, não é um filme aconselhável a cardíacos. De facto, o mais imprevisível neste filme é a sua previsibilidade. Dizer que o casal romântico vai ficar junto no fim é tão "spoiler" como anunciar que o Titanic vai ao fundo. As personagens costumam mover-se ao pôr-do-sol, com as melgas, numa estética de postal ilustrado dos anos 80 e, em off, volta e meia, há tiradas filosóficas do best-seller Nicholas Sparks do género "para encontrar a luz é preciso primeiro atravessar as trevas" ou "ninguém foge ao seu destino" - ou algo assim parecido. Então temos um actor que consegue não mexer um músculo facial , do princípio ao fim - o que também é algo imprevisível, temos de admitir. E que faz de sargento no Iraque que se salva de uma explosão porque se debruça ao apanhar uma foto de mulher. Então o rapaz-pãozinho sem sal conhece a rapariga-peixe cozido, que tem uma avó sabichona, um ex-marido mauzão e um filho bonzinho que gosta de tocar violino e de jogar xadrez. Vai daí o rapaz tem muito jeito para arranjar goteiras e motores de barcos e de tratores e para transportar ração de cão e apanhar os respectivos dejectos. Ela mostra-lhe o local para onde vai quando quer estar sozinha. O ex-marido mauzão há-de apanhar com qualquer coisa em cima da cabeça, que é para não andar a empatar o casal.   

Um Homem com Sorte

De Scott Hicks. The Lucky One, com Blythe Danner, Charles Fergunson, Riley Thomas Stewart, Taylor Schilling, Zac Efron. Drama. 101 min. EUA. 2012