Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

O DIA DE PORTUGAL

Imagens de Fundo

  • 333

CRULIC-THE PATH TO BEYOND, DE ANCA DAMIAN

Amanhã é o dia D para a selecção nacional de futebol  de Portugal. Ontem em Cluj, foi grande para a selecção de cinema português, presente no TIFF. 'Tabu', de Miguel Gomes e 'Sangue do Meu Sangue', de João Canijo foram muito aplaudidos no lindissimo Cinema Florin Piersic: uma velha sala muito parecida com o Cinema São Jorge, de Lisboa. Quanto aos 'Romanian Days', destaque primeiro para o excelente 'Crulic-The Path to Beyond', uma animação documental de Anca Damian, sobre um caso verídico e um tremendo erro judicial. E depois para o polémico 'Three Days Till Christmas', do veterano Radu Gabrea, sobre os últimos três dias do ditador Nicolae Ceascescu, que provocou uma acesa discussão no final entre o público e a equipa do filme.

José Vieira Mendes

 

Na ausência de qualquer membro da equipa de 'Tabu', foi Dieter Kosslick, Director Artístico da Berlinale, que apresentou o filme de Miguel Gomes, numa sessão que na verdade não conseguimos assistir, porque há sempre muitas coisas a acontecerem e apenas tivemos os ecos. No entanto, antes da sessão de 'Crulic-The Path to Beyond' tivemos oportunidade de ver o actor português Nuno Lopes, a brilhar, (tem sido uma verdadeira estrela por aqui), na apresentação de 'Sangue do Meu Sangue', de João Canijo, numa sessão muito concorrida, aplaudida e com uma forte participação do público nas perguntas e respostas finais. É notável a participação dos espectadores (a qualquer hora do dia) tanto nas sessões, como nas improvisadas conversas no final. O TIFF é na verdade um grande festival de público. 'Crulic-The Path to Beyond', de Anca Damian, conta a história de Crulic, um cidadão romeno de 33 anos que morreu em greve de fome numa prisão polaca. O famoso ator romeno, Vlad Ivanov é o irónico narrador do próprio Crulic, numa voz que parece vinda do além-túmulo. 'Crulic-The Path to Beyond' é um filme memorável e surpreendente com um forte estilo visual que combina várias técnicas de animação: belos desenhos feitos à mão, colagens, stop motion e recortes, todos integrados para criar uma história que narrra, um tremendo erro judicial e uma tragédia inaceitável para um cidadão comum, em pleno século XXI. Na verdade alguns países do leste europeu, ainda não se livraram das fobias kafkianas. A estreia romena de 'Three Days Till Christmas', de Radu Gabrea teve algo de polémica, já que se trata de um docudrama que foca os últimos dias de um famoso (no pior dos sentidos) casal: Nicolae  e Elena Ceausescu. Ainda existem muitas feridas abertas na memória dos romenos (e não só dos mais velhos) em relação ao regime dictatorial que caiu em 1989. E isso viu-se no final da projecção na sessão de perguntas e respostas. A maioria dos que ficaram, as perguntas e os comentários forma muitos (a sala estava quase cheia depois de ter terminado a sessão) apontavam para profundas críticas para a humanização do filme em relação ao ditador. De qualquer modo para quem como nós não conheceu a realidade a fundo o filme é um excelente documento histórico.  O argumento foi escrito pelo jornalista Grigore Cartianu, autor do livro 'The End of the Ceausescus'. O filme consiste numa excelente combinação de imagens de arquivo, uma parte ficcional onde as figuras de Nicolae and Elena Ceausescu são interpretadas pelos actores Constantin Cojocaru and Victoria Cocias e ainda entrevistas com pessoas que testemunharam e estiveram envolvidas nos acontecimentos e nos últimos três dias do ditador e sua mulher.