Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A NATUREZA E OS HOMENS

Imagens de Fundo

  • 333

SINAPUPUNAN (THY WOMB), de Brillante M. Mendoza

Falta pouco para acabar e o destaque vai para 'Sinapupunan (Thy Womb), do filipino Brillante Mendoza, mais um dos candidatos aos Leões. E depois para 'The Company You Keep', do veterano actor-realizador Robert Redford apresentado fora de competição.  

José Vieira Mendes

Nono dia de sessões de competição. Estamos quase na recta final pois amanhã encerra a secção competitive com 'Passio', de Brian De Palma e 'Un Giorno Speciale', da italiana Francesca Comencini. Os candidatos aos leões abundam sem que haja na verdade uma obra-prima ou pelo menos um filme que se destaque dos outros. Na competição Brillante Mendoza, apresentou à pouco 'Sinapupuna' ('Thy Womb') uma ficção que é quase uma espécie de filme-documentário etnográfico, uma tocante história de amor, cheia de sentimentos, emoldurada pela beleza esmagadora da natureza, das paisagens e dos mares das Ilhas Filipinas (Tawi Tawi). Os protagonistas são pescadores de uma tradição milenar, caçadores de pérolas, que vivem de uma forma precária, imersos numa natureza portentosamente bela, numa harmonia e numa incerta serenidade, por vezes apenas pertubada pelas leis, o poder dos governos e a crise sociopolitica. Nora Aunor, a actriz ícone do cinema filipino, interpreta uma parteira estéril que dá como prova de amor, uma oportunidade ao marido de ter outra mulher (nos ritos muçulmanos) para poder conceber um filho. O filme de Mendoza é uma obra que reconstituí o coração de uma cultura fiérica, de um paraíso perdido no inferno de um país cheio de tensões.   Os belgas Peter Brosens e Jessica Woodworth, com 'La Cinquième Saison', imaginaram uma história de amor e vingança, muito conceptual, onde a natureza se sobrepôem ao homem. Um filme estranho entre o documentário e o videoarte, com uma forte influência do teatro-dança e dos dispositivos cénicos dos criadores belgas como, Jan Fabre ou Anne Teresa de Keersmaeker. Robert Redford realizou e apresentou aqui fora da competição, pela primeira vez, um thriller de espionagem, intitulado 'The Company You Keep'. Um filme competente mas demasiado palavroso, complexo e pouca acção. Vale-lhe um grande elenco com destaque para Shia LaBeouf, e os regressos de Julie Christie e Susan Sarandon.