Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A essência, agora sim, do amor

Cinema

  • 333

planeta solitário

Como sobrevive o amor ao instinto de sobrevivência



Um casal em lua de mel antecipada, a praticar montanhismo numas serranias deslumbrantes - primeiro descarnadas, depois pedregosas, finalmente prodigiosas - do Caúcaso (Geórgia). Eles são novos, bonitos (ela é parecida com a Jessica Chastain (na fase Árvore da Vida), mas com uma beleza mais real, e ele é ... Gael García Bernal. Portanto, além de muito bonitos, optimistas, estão apaixonadas, divertidos, cheios de energia, fazem jogos, acrobacias, têm a vida e a montanha pela frente - e um guia local um bocado sinistro, sempre com tiques predatórios, que lhes escora os gestos e os percursos. E o filme começa com um som dúbio e uma primeira cena que parece sórdida e depois é benévola . E este jogo de inteligência, a realizadora vai fazendo-o ao longo da caminhada - uma tensão anunciada que se desfaz a seguir, numa lógica de sustém a respiração/pode respirar. E é uma boa surpresa este filme, que usa planos, opções de montagem nada óbvios, e estratégias tão sábias de controlar a inquietação, e nos mostra como é possível fazer uma "subida" aos infernos sem serem precisos monstros, nem psicopatas, nem assombrações, nem abomináveis homens das neves... Porque o monstro que existe dentro de cada um de nós basta. E há um gesto da parte dele, um simples gesto, que dura apenas alguns segundos, mas que é absolutamente denunciador, e que vai contaminar para sempre a vida deste casal. E mostra que isto do amor e da paixão é muito relativo - e que amor a sério só o de uma mãe para com um filho, quando o que está em causa é escolher entre a morte de um ou de outro. Há outra coisa mais forte: como o instinto animal, ou a cobardia da sobrevivência - e quem a pode censurar?  Quando eles descem a montanha, no final da peregrinação, esta relação entre eles virá irreversivelmente amputada.

Um Planeta Solitário

 De Julia Loktev. The Loneliest Planet, com Gael García Bernal, Bidzina Gujabidze, Hani Furstenberg. Drama. 113min. EUA. 2011