Com gritos de "obrigado, obrigado, obrigado...", algumas centenas de adeptos receberam hoje da seleção portuguesa de futebol no Aeroporto de Lisboa, após a eliminação frente à Espanha nas meias-finais do Euro2012, no desempate por grandes penalidades.

Antes, ainda houve tempo para cantar o hino de Portugal e para um último aceno aos craques que abandonavam de autocarro a Portela, depois de uma chegada algo atribulada, apesar das dezenas de polícias presentes no local.

O diretor-desportivo Carlos Godinho, com ar cansado, tal como alguns jogadores, saiu rapidamente em direção ao autocarro, enquanto Pepe ficou mais para trás para uma curta entrevista aos muitos repórteres presentes no local.