Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ao volante do Mercedes C250 coupé

VISÃO Motores

  • 333

Um coupé assumidamente desportivo e confortável que apela ao prazer da condução

MÁSCARA, CAOS E SILÊNCIO - É a primeira sensação e uma espécie de passaporte para uma nova realidade: o momento em que nos colocam a máscara de oxigénioe, na maca, entramos num mundo de caos e de silêncios, onde o medo se confunde com a esperança que nos colocam a máscara de oxigénioe, na maca, entramos num mundo de caos e de silêncios, onde o medo se
1 / 8

MÁSCARA, CAOS E SILÊNCIO - É a primeira sensação e uma espécie de passaporte para uma nova realidade: o momento em que nos colocam a máscara de oxigénioe, na maca, entramos num mundo de caos e de silêncios, onde o medo se confunde com a esperança que nos colocam a máscara de oxigénioe, na maca, entramos num mundo de caos e de silêncios, onde o medo se

moonspell
2 / 8

moonspell

moonspell
3 / 8

moonspell

moonspell
4 / 8

moonspell

moonspell
5 / 8

moonspell

moonspell
6 / 8

moonspell

moonspell
7 / 8

moonspell

moonspell
8 / 8

moonspell

Se existem automóveis que não enganam, o Mercedes Classe C 250 CDI Coupé é, sem dúvida, um deles. Seja qual for o ângulo em que o observamos, depressa percebemos que estamos perante um verdadeiro desportivo, principalmente quando a cor eleita é o vermelho fogo e está equipado com o pack Sport, como é o caso da unidade que ensaiámos.

Apesar de não ter um design arrojado, o Classe C Coupé é bastante apelativo esteticamente e conduzi-lo é um ato de puro prazer. Com 204 cv de potência, o C 250 Coupé chega aos 100 Km/h em apenas 7,1 segundos e atinge uma velocidade máxima de 240 Km/h. Não tenho dúvidas em afirmar que este motor diesel de 2.2 cc e a caixa automática 7 G-Tronic são dois dos pontos mais fortes deste modelo. A caixa funciona bastante bem e a suavidade com que passa de velocidade chega a ser impressionante, ideal para desfrutar de uma condução rápida, mas ao mesmo tempo descontraída e segura. É um automóvel que se 'agarra' muito bem à estrada e que nos surpreende curva após curva. Quanto a consumos, a Mercedes anuncia valores na ordem dos 5,3 l/100 Km, mas durante este ensaio não conseguimos baixar dos 6,5 l/100 Km. Acrescente-se que vem equipado com a função ECO Start/Stop. O Classe C Coupé é um carro confortável e com um nível de habitabilidade bastante bom para um coupé. Os dois bancos traseiros são individuais e acomodam perfeitamente dois adultos. À frente, a posição de condução é baixa e os bancos com regulação elétrica adaptam-se perfeitamente a cada condutor. A qualidade dos materiais utilizados está ao nível do que a marca já nos habituou, ou seja, requinte, elegância, mas, acima de tudo, qualidade. A unidade que ensaiámos vinha com estofos em pele e alcântara com pespontos a vermelho, a condizer com a pintura exterior. O teto panorâmico em vidro, disponível por 1626 euros, torna o habitáculo ainda mais agradável. A mala apresenta uma capacidade de 450 litros, o que não é nada mau para um carro de duas portas. Ao nível de equipamento, o C Coupé vem bastante completo de série, com vários sistemas de segurança e ajuda à condução, entre eles, o sistema de deteção de objetos no ângulo morto, o sistema de deteção de transposição involuntária da faixa de rodagem ou a travagem adaptativa. Entre os opcionais da unidade que ensaiámos, destaque para o sistema guia de estacionamento (772 euros), o sistema multimédia Comand Aps com navegação (1.707 euros), sistema de luzes inteligente (1.300 euros) e o Pack Sport (4.024 euros), que, tal como o próprio nome indica, lhe conferem uma alma verdadeiramente desportiva.  O Mercedes C 250 Coupé está disponível desde 50.000 euros, mas com caixa de velocidades manual. Caso optemos pela caixa automática 7 G-Tronic, e garanto que vale bem a pena, os valores começam nos 52.500 euros. Quanto à unidade ensaiada, apresenta um preço de 66.056 euros.