Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

José Eduardo Martins

José Eduardo Martins

Advogado e ex-deputado do PSD

  • A mesma esquerda que concentra esforços para despedir o governador do Banco de Portugal – ou quem quer que ouse discordar da paz socialista – é quem impede que se conheçam auditorias internas do banco público

  • Os parceiros da maioria não se entendem sobre a Concertação Social e o salário mínimo, a titularidade da política de saúde, as leis laborais, a evolução de salários e carreiras na Administração Pública, a descentralização administrativa

  • Quando a desvergonha se transforma em programa de Governo todos sofremos, os sem vergonha, os desavergonhados, os envergonhados e os que, como eu, têm vergonha em nome da desvergonha alheia

  • ó o baixo grau de exigência de uma sociedade que não acordou para este problema permite que o Bloco de Esquerda venha atacar e taxar retroativamente a energia renovável ou que o PCP defenda a ocupação das ilhas barreiras, ambos casos das últimas semanas que ilustram um pensamento profundamente reacionário e anacrónico

  • Quando o Governo faz dos senhorios mecenas à força não se pode levar a mal que haja quem já só se dedique a fazer concorrência aos hotéis e seja, assim, praticamente impossível morar no centro da cidade

  • É por isso que nos tempos mais difíceis, as pessoas precisam dos políticos como elite. Aqueles que resistem e procuram o bem. Como diz Raymond Aron, o problema da vida em comunidade não é científico. É humano