Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

José Eduardo Martins

José Eduardo Martins

Advogado e ex-deputado do PSD

  • O PSD era o perdedor anunciado. Para todos os que dentro e fora do PSD procuraram o afastamento de Pedro Passos Coelho o objectivo está cumprido. Agora começa uma vida nova. Sem desculpas

  • Se preciso fosse para recordar que temos entre nós o PS dos velhos hábitos bastou este episódio TAP. O que é afinal a reversão da TAP feita pelo PS e para que serviu?

  • A economia circular não é mais que um regresso a princípios básicos: um resíduo é um recurso fora de sítio e é preciso num mundo escasso de matérias- -primas encontrar uma forma de lhe dar utilidade em vez de o enterrar no chão

  • A eficácia da EMEL no estacionamento vai de facto pouco além da cobrança mas faz parte da política de mobilidade atual da Câmara Municipal constitui mais uma área em que a falta de visão conduz a um dificultar crescente da vida das pessoas

  • A mesma esquerda que concentra esforços para despedir o governador do Banco de Portugal – ou quem quer que ouse discordar da paz socialista – é quem impede que se conheçam auditorias internas do banco público

  • Os parceiros da maioria não se entendem sobre a Concertação Social e o salário mínimo, a titularidade da política de saúde, as leis laborais, a evolução de salários e carreiras na Administração Pública, a descentralização administrativa

  • Quando a desvergonha se transforma em programa de Governo todos sofremos, os sem vergonha, os desavergonhados, os envergonhados e os que, como eu, têm vergonha em nome da desvergonha alheia

  • ó o baixo grau de exigência de uma sociedade que não acordou para este problema permite que o Bloco de Esquerda venha atacar e taxar retroativamente a energia renovável ou que o PCP defenda a ocupação das ilhas barreiras, ambos casos das últimas semanas que ilustram um pensamento profundamente reacionário e anacrónico