Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Capicua

Capicua

Rapper

  • Opinião

    Capicua

    Hazul

    Uma das coisas que mais admiro nele, além do compromisso com a rua, foi ter transformado as suas maiores dificuldades na sua marca e estilo próprios

  • Opinião

    Capicua

    Agosto na Cidade

    Já sei que receberei muitas mensagens, dizendo que pelo menos agora a(s) Baixa(s) estão vivas, os edifícios arranjados e a(s) cidade(s) valorizada(s)

  • Opinião

    Capicua

    Gaivotas

    E eu que cresci ao pé do mar posso garantir que todos nós lhes temos respeitinho. Ver um bando de gaivotas a sobrevoar o recreio da escola era o suficiente para nos abrigarmos todos, desesperadamente, para evitar bombardeamentos fisiológicos

  • É racismo, estúpido!

    A nossa tendência para a negação de que somos um país racista, com muita gente racista, instituições racistas e desigualdades sociais profundas associadas à discriminação racial, é patológica

  • Opinião

    Capicua

    Bar Shell

    A freguesia era tanta que um dos empregados, conhecido por ser sósia do outrora candidato presidencial Soares Carneiro, andava a recolher assinaturas para concorrer ao livro dos recordes do Guinness

  • Opinião

    Capicua

    A Luta

    Lutar contra a violência doméstica é lutar contra esse caldo cultural que ensina as mulheres a pôr a estabilidade do casamento acima da sua autoestima e da sua integridade física

  • Opinião

    Capicua

    Quotidiano

    Levar o carro ao mecânico (outra vez). Fazer Pilates. Trabalhar. Sporting em todos os canais. Gargalhadas com o Twitter. Levar a reciclagem. Anotar ideias

  • Opinião

    Capicua

    I say potato

    Seria educativo explicar que não é o sotaque do Norte, das Beiras, do Alentejo ou das Ilhas que faz das pessoas parolas

  • Opinião

    Capicua

    Bolhão

    Flores à entrada e dezenas de fotografias penduradas, com os nomes e rostos das mulheres que fazem do Bolhão o templo da mulher tripeira

  • 25 de Abril sempre!

    Sempre foi motivo de orgulho no País. Nessa capacidade de mudar tudo sem usar a guilhotina. Nessa vontade de começar de novo, como no poema de Sophia que tantas vezes declamo nos concertos