Numa conferência de imprensa em Melbourne, Rhys Holleran, CEO da empresa que detém a rádio 2Day FM, anunciou que os dois apresentadores poderão, se assim o desejarem, receber apoio psicológico para lidar com a tragédia.

A enfermeira Jacintha Saldanha foi encontrada morte sexta-feira, dias depois de ter acreditado estar a falar ao telefone com a rainha de Inglaterra e com o príncipe Carlos e de lhes dar, por isso, informações sobre o estado de saúde da duquesa de Cambridge, que esteve internada durante três dias no Hospital King Edward VII, no centro de Londres, com uma forma grave de enjoos na gravidez.

O imprevisível e trágico desfecho para a partida dos dois radialistas já levou vários grandes anunciantes da 2Day FM a cancelar toda a publicidade.

Referindo-se ao aparente suicício da enfermeira, Rhys Holleran disse ser "um acontecimento trágico que não poderia ter sido previsto".

"Falei com os dois apresentadores esta manhã e é justo dizer que estão completamente devastados", acrescentou o responsável. "Eles não são máquinas, são seres humanos. Todos ficámos afetados".