Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciência indica 3 vias rápidas para proporcionar o orgasmo feminino

Estudo do Dia

  • 333

As mulheres heterossexuais são o grupo com menos orgasmos durante o sexo. Para tentar resolver este problema, juntaram-se três universidades. Homem que é homem não deixa de ler este artigo

As investigações cientificas não têm tido os resultados mais animadores no que toca a reportar o prazer sexual (ou falta dele) das mulheres heterossexuais. São o grupo com menos orgasmos durante o sexo, o que dá algum sentido ao mito de que fingem orgasmos.

Um estudo agora divulgado concluiu que 86% das mulheres lésbicas reportam ter orgasmos quando têm intimidade sexual, enquanto apenas 65% das mulheres heterossexuais reporta atingir o orgasmo nas mesmas circunstâncias.

Mas, uma vez identificado o problema, não há que temer porque ele tem solução. Este estudo que envolveu o trabalho de três universidades - a Universidade de Chapman, a Universidade de Indiana e o Instituto Kinsey - passou por inquirir 52 000 americanos de diferentes géneros e orientações sexuais para tentar compreender a frequência com que atingem o orgasmo e em que circunstâncias. Os participantes tinham entre 18 e 65 anos e todos reportaram estar numa relação com alguém.

Os resultados resumem-se a um trio de preciosas ajudas para elas chegarem ao ponto mais alto e desejado de qualquer relação sexual:

1 - Estimulação genital

2 - Beijos profundos

3 - Sexo oral

Segundo uma das autoras deste estudo, Elisabeth Lloyd, "cerca de 30% dos homens acham que a penetração é a melhor forma de as mulheres chegarem ao orgasmo e é uma imagem um pouco trágica porque não podia ser mais incorreto".

Este estudo concluiu ainda que quando as mulheres atingem o orgasmo tendem a reportar uma maior satisfação com as suas relações como um todo.

Seja como for, lembre-se sempre que cada caso é um caso e que importa acima de tudo comunicar com a sua parceira e não ter medo de inovar. Estas três alternativas são um bom princípio mas devem ser personalizadas.