Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A sua relação esfriou? Está na hora de experimentar o sofá

Estudo do Dia

  • 333

DR

Estudo da Universidade de Aberdeen concluiu que uma das atividades mais desvalorizadas pelos casais fortalece a cumplicidade e melhora a qualidade da relação

Rui Antunes

Rui Antunes

Jornalista

Tudo indica que Angelina Jolie e Brad Pitt já não vão a tempo, mas há uma solução bem simples e banal, ao alcance de todos, para alimentar uma relação amorosa. Segundo um estudo recente da Universidade de Aberdeen, na Escócia, os casais que assistem a um filme ou uma série em conjunto fortalecem os laços de cumplicidade – e ainda mais se não tiverem uma rede comum de amigos ou se, por exemplo, estiverem no estrangeiro, longe de família e amigos.

"Ver televisão ou um filme que ambos gostem é realmente uma maneira fácil de melhorar a qualidade da relação e qualquer pessoa o pode fazer a qualquer momento", nota Sarah Gomillion, a psicóloga social especializada em relações interpessoais que liderou a pesquisa.

Tendo como ponto de partida o facto de se saber que uma saída com amigos comuns contribui para aumentar a ligação emocional dos casais e a sua realização enquanto par romântico, a equipa de investigadores desenhou um estudo para perceber até que ponto uma escassa interação social pode ser substituída pela partilha de uma realidade ficcionada.

"Quando as pessoas não têm o mesmo círculo de amizades, partilhar programas de televisão, livros e filmes pode compensar este défice e restaurar a proximidade. As nossas conclusões mostram que esta partilha proporciona uma melhoria da qualidade da relação", escrevem os autores do estudo com o sugestivo título "Vamos ficar em casa a ver televisão: Os benefícios da partilha de media para uma relação mais próxima", publicado no Journal of Social and Personal Relationships.

Da próxima vez que sugerir à sua cara-metade um fim de semana romântico para apimentar a relação, não desista logo do objetivo final se ela preferir algo mais rotineiro (e barato). Recoste-se no sofá e aproveite. Nem de propósito, já sabe quais são as 14 séries que vale mesmo a pena ver neste outono?

via GIPHY