Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Atletismo: Rudisha bate recorde do mundo

Atualidade

  • 333

Associated Press

O queniano David Rudisha bateu o recorde do mundo dos 800 metros, na final dos Jogos Olímpicos de Londres, na corrida mais rápida de sempre naquela distância.

Rui Tavares Guedes em Londres

Partiu à frente e chegou à frente. Durante as duas voltas à pista, o queniano David Rudisha mostrou quem é que mandava na pista do Estádio Olímpico de Londres. Se lhe queriam ganhar na final dos 800 metros teriam que correr mais depressa do que ele. Ninguém conseguiu, obviamente, e Rudisha acabou por alcançar novo máximo mundial com 1.40,91, retirando um décimo de segundo ao anterior recorde, que também já lhe pertencia desde agosto de 2010.

Esta foi também a mais rápida corrida de sempre de 800 metros em Jogos Olímpicos, com o oitavo classificado a terminar com a marca de 1.43,77, bastante melhor do que os 1.44,20 anteriores. 

Os restantes lugares do pódium foram ocupados por Nijel Amos, do Botswana, com 1.41,73, novo recorde mundial junior, e por Timothy Kitum, do Quénia, com 1.42,53, nova melhor marca pessoal.

Sete dos oito atletas presentes na final bateram os seus máximos pessoais na distância,