Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Produção de Star Wars paga milhões por acidente com Harrison Ford

Atualidade

  • 333

© Mario Anzuoni / Reuters

A perna partida de Harrison Ford durante as filmagens de Star Wars: The Force Awakens custou à produtora Foodles Production uma multa milionária

Não há muito muito tempo (dois anos), num cenário de uma galáxia não tão longe assim (Londres), Harrison Ford foi atingido pela porta hidráulica da Millennium Falcon, a nave pilotada pela sua personagem na Saga Star Wars.

O acidente feriu a perna do intérprete de Han Solo, que teve de ser transportado de emergência de helicóptero. Já num hospital em Oxford, o ator, na altura com 71 anos, foi operado a uma perna partida. As filmagens de Star Wars: The Force Awakens tiveram de ser suspensas, mas felizmente Ford conseguiu recuperar a tempo de cumprir o seu papel.

Esta semana, um tribunal inglês considerou a produtora Foodles Production culpada, por não cumprir os parâmetros de saúde e segurança. Condenou-a a uma multa de 1,6 milhões de libras, cerca de 1,7 milhões de euros. Nas palavras da juíza que tratou do caso, o maior erro da produtora foi a falta de comunicação: "se tivessem incluído o senhor Ford em todas as discussões, ele poderia ter sido, pelo menos, alertado para os perigos que tinha de evitar".

"O Tribunal reconheceu ambos os protocolos de segurança adicionais que foram imediatamente implementados e que esta é uma produção muito segura em todos os outros aspetos", disse a Foodles Production sobre a decisão do tribunal, lamentando, mais uma vez, o incidente.

Este filme arrecadou mais de 2 biliões de dólares nas bilheteiras, tendo sido apenas ultrapassado por Avatar (2009) e Titanic (1997), em termos de números de bilheteira. O lançamento do oitavo filme da saga está previsto para o final de 2017.

Outros acidentes do cinema

O Corvo (1994)

Brandon Lee, filho do lendário Bruce Lee, interpretava o papel de protagonista no filme O Corvo, quando foi baleado. Durante a gravação de uma cena em que a personagem de Brandon leva um tiro do vilão, a arma que deveria estar carregada de projéteis de festim tem, acidentalmente, uma bala verdadeira. O disparo acabou por ser fatal. Brandon Lee morreu cedo, como o seu pai. Tinha 28 anos.

Twilight Zone: no Limite da Realidade (1983)

As gravações deste filme também ficaram marcadas pela morte de três atores: Vic Morrow e as duas crianças Myca Dinh Le e Renee Shin-Yi Chen. A personagem interpretada por Morrow estava a salvar as duas crianças, enquanto era atacado por um helicóptero. O piloto que o guiava não conseguiu controlar a aeronave e acabou por atingir mortalmente os atores. Os quatro realizadores do filme estiverem em guerras judiciais durante cerca de uma década.

O Retorno dos Mosqueteiros (1989)

Aos 54 anos, Roy Kinnear estava em Toledo, Espanha, nas filmagens de O Retorno dos Mosqueteiros. Interpretava Planchet, o servo de D'Artagnan. Uma queda de cavalo provocou-lhe uma fratura pélvica. Foi hospitalizado em Madrid mas no dia seguinte morreu devido a complicações decorrentes da queda. Depois de processarem a produção, a família de Kinnear recebeu uma indeminização de 650 mil libras.

O Feiticeiro de Oz (1939)

Para dramatizar a saída da bruxa malvada de cena, os realizadores de O Feiticeiro de Oz planearam fazê-la descer num elevador enquanto era lançado fumo e fogo para esconder esse desaparecimento. O elevador não funcionou corretamente e Margaret Hamilton, que fazia o papel da bruxa, sofreu queimaduras graves.

Tróia (2004)

Já mais recentemente, o ator Brad Pitt que interpretava Aquiles em Tróia, sofreu uma rotura, ironicamente, no tendão de aquiles. Outros atores, como Eric Bana e Orlando Bloom também se magoaram, mas o pior aconteceu com o duplo George Camilleri que não resistiu aos ferimentos numa perna.