Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugueses consomem menos eletricidade

Atualidade

© Ina Fassbender / Reuters

No dia mais curto do ano, os indicadores continuaram abaixo do verificado em 2014

Rita Montez

Rita Montez

Jornalista

Nem as baixas temperaturas que se fizeram sentir ontem foram suficientes para inverter os níveis do consumo de eletricidade em Portugal. Os números, revelados pela Redes Energéticas Naturais (REN), apontam para uma descida homóloga de 4,6% no consumo durante o dia de ontem, considerado o mais curto do ano, de 147,7 para 140,1 Gigawatt hora (GWh).

Já no passado mês de novembro, o indicador, que diminui durante os períodos de crise económica, tinha registado uma quebra acumulada de 1,4% face a igual período de 2014, de 4 034 para 3 976 GWh. A única subida observada diz respeito ao peso do consumo no mercado liberalizado, com uma variação de 3 2612 para 3 488 Gwh. O mercado regulado tem, aliás, uma quota de mercado cada vez mais reduzida, situando-se nos 11 por cento atualmente. A partir de 1 de janeiro, os consumidores que ainda se encontrem fora do mercado liberalizado vão estar sujeitos a um aumento das suas faturas de 2,5 por cento.