Veena Malik apareceu na capa da edição de Dezembro da FHM na Índia, tendo sido duramente criticada pelo povo paquistanês por aparecer nua na fotografia de capa, tendo escrito no braço as iniciais dos serviços secretos do Paquistão, que têm vindo a ser alvo de fortes críticas.

A atriz decidiu processar a revista indiana em milhões de dólares, acusando-os de terem alterado as fotografias de forma a que esta apareça nua.

O advogado de Malik, Ayaz Bilawala, afirma que a foto é falsa e que a atriz usou roupa interior a sessão toda. 

O editor da FHM Índia, Kabeer Sharma, insiste na veracidade das fotos afirmando que tem um vídeo que comprova. "Temos a gravação em vídeo da sessão, bem como mensagens de correio electrónico de Veena sobre a capa".

Kabeer Sharma acrescenta ainda que, "A ideia de ter ISI escrito no braço foi minha, mas foi ideia de Veena escrever em maiúsculas".