Chegam quase sempre ofegantes, algumas vezes com um brilho nos outros e outras com o olhar desiludido. Acabaram de completar as suas provas e, antes de chegarem ao balneário, têm de passar pela Zona Mista. É a outra competição dos Jogos Olímpicos: o local onde os atletas respondem às perguntas dos jornalistas. Sem vencedores nem vencidos, mas com algumas frases que vale a pena recordar.

"Não sei se este nono lugar me dá alguma equivalência a alguma disciplina. Caso não dê, tenho  mesmo que estudar"
- João Silva (estudante de Medicina), após concluir o Triatlo, em 9.º lugar

"Os treinadores têm feito um trabalho exemplar e os atletas têm fome de resultados"
- Emanuel Silva, canoísta, após a passagem à final do K2 1000, onde ganhou a medalha de prata

"Ganhar a atletas de top, para uma não profissional, foi o topo da minha carreira. Agora também me considero uma atleta de top"
- Clarisse Cruz, após a final dos 3 000 metros obstáculos (11.ª classificada)

"Esta equipa trabalhou muito para se apresentar no máximo das suas forças"
- João Pina, judoca, após a sua eliminação, pouco depois da de Telma Monteiro

"Não tenho medalha, mas para mim isto foi como uma medalha. Considero-me um peixinho no meio destes tubarões. Apenas tenho três maratonas concluídas"
- Jéssica Augusto, depois de terminar a maratona em 7.º lugar

"No futebol naturalizam-se os brasileiros, no ténis de mesa faz-se isso com os chineses"
Marcos Caldeira sobre os muitos jogadores chineses nas seleções olímpicas de vários países

"Não posso dizer que não estou desiludido"
- Marco Fortes, 15.º no lançamento do peso

"Não era assim que eu queria representar o meu país"
- Diogo Ganchinho, 13.º em trampolim

"Havia razões para protesto, mas não ia resultar"
- Mark Enke, treinador de Fraga e Mendes, sobre a repetição da partida da final do remo, a pedido da Grã-Bretanha

"Há 20 ou 30 atletas em Portugal com a mesma vontade e ambição que nos tínhamos quando começamos"
- Pedro Fraga, após se classificar, com Nuno Mendes, em 5.º lugar na prova de double scull ligeiro

"Todos os anos de trabalho deram como recompensa alço que vai ficar para a história. Esta foi uma promessa que fiz à minha avó. Prometi-lhe que ia aqui estar e estou. Prometi-lhe que ia ganhar e ganhei"- Telma Santos após vencer o primeiro jogo de badminton de Portugal em Jogos Olímpicos

"Como vou festejar? Primeiro vou dormir, que ainda tenho os 200 metros para correr"
- Usain Bolt, à meia-noite, após ganhar os 100 metros. Três horas depois enviou uma foto com três andebolistas suecas no seu quarto