Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Troika, dívida, juros, Liberdades e Direitos!

Fórum

  • 333

Quem está (em relação à dívida) como Portugal, o seu Povo, assiste à perda de liberdade e de todos os seus direitos, à sua capacidade de decisão e fazer cumprir as suas políticas. Quem deve tem que pagar; há contudo a necessidade Superior, de preservar e não "beliscar" certas áreas do tecido empresarial instalado, com toda a Banca, Energia, os grupos económicos, i.e. J. Martins, Sonae, Amorim, Grupo Mello, etc., etc.

Quem está (em relação à dívida) como Portugal, o seu Povo, assiste à perda de liberdade e de todos os seus direitos, à sua capacidade de decisão e fazer cumprir as suas políticas. Quem deve tem que pagar; há contudo a necessidade Superior, de preservar e não "beliscar" certas áreas do tecido empresarial instalado, com toda a Banca, Energia, os grupos económicos, i.e. J. Martins, Sonae, Amorim, Grupo Mello, etc., etc.Acresce a retracção relapsa em se fazer justiça face a "políticos e outros Senhores" que estão presentes na Sociedade civil, hoje "mascarados" de "gente séria" - que nunca mais serão -, com total protecção e impunidade do governo em relação ao que fizeram, ao património "adquirido e conquistado".Há também o paraíso em que vivem as PPP's (Parcerias Público Privadas), a contribuição pecuniária constante (por endividamento) do Povo, via acordos celebrados e que ninguém ousa quebrar; as rendas da EDP, hoje Empresa totalmente Privada e que recebe do Povo Português (via governo) valores impensáveis que assentam em contratos que ninguém tem vontade de alterar.Enquanto "assim", em nome da salvação nacional, a única via que este governo encontra é a de fazer cortes e mais cortes, aumentar o desemprego - 1 Milhão de Pessoas - desfigurar o Povo e "entrar" por toda a Sociedade. Adianta agora que vai fazer redução de todos os ordenados/ pensões a partir dos €uros 600,00 mensais ilíquidos.Sem dó nem piedade, in.. justiceiro, insensível, etc., etc. (o governo não tem o direito de ter essa liberdade).