Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal: A crise económica

Fórum

Portugal suporta uma crise, grave e duradoura, daqui emergem fenómenos sociais mais graves, desiquilibrios financeiros perigosos, desmedidos edividamentos público e interno. Sem excluir outras visões, tem faltado aos governos uma visão apurada sobre as verdadeiras causas das dificuldades, sobre o esgotamento provável de modelos politico-sociais. Se o crescimento de portugal fosse mais vigoroso, as duras realidades sociais com que hoje nos deparamos seriam menores, o peso das despesas públicas na economia seria inferior, os impostos mais leves mais reduzia a divida e os juros. Os serviços públicos portugueses na sua maioria são incompetentes e ineficazes, não satisfazem as necessidades dos portugueses. O estado é o pior pagador do mundo da economia portuguesa! A sociedade portuguesa está cada vez mais "doente" por acção de muitos "irresponsáveis", atingindo um estado impensável de extrema desorganização, de chocante desrespeito, de enorme indisciplina, de crescente ineficiencia e da menor inequidade alguma vez conhecidória economica portuguesa! Para ser possivel ao Estado instaurar politicas de equidade necessita de ter prosperidade economica para isso necessita de métodos diferentes dos que tem tomado até agora, pois sem o Estado ter dinheiro não pode de maneira nenhuma, nem bem nem mal, criar uma boa politica de equidade e implementar os valores sociais. É necessario tomar medidas já há muito tempo, tudo piorou com a crise mundial que deflagrou nos EUA em 2008 mas a situação economica portuguesa não era, já nessa altura, muito favorável ao crescimento. O crescimento economico leva-nos ao desenvolvimento. Para haver esse crescimento económico de que Portugal necessita é preciso um governo forte, inovador, que tome politicas diferentes através do investimento noutros países da europa, fomento do turismo e muitas outras medidas que podiam ser tomadas e que de certeza que fariam mudar um pouco este caminho que temos vindo a tomar e que nos "apodrece" cada vez mais a economia, e que torna portugal uma maçã podre aos olhos europeus e mesmo internacionais que deixam de investir em portugal!