Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Nobel da economia em 2010 - o Cipriota "abre o livro" !

Fórum

  • 333

Christopher Pissarides adiantou que o resto do Mundo está a sair da crise e a preparar-se para novos desafios; a Europa fora da zona Euro, os EUA, a Ásia estão a sair positivamente da crise, enquanto a Europa da zona Euro assiste de forma "impotente" à subida do desemprego. Países como a Alemanha e a Holanda preparam-se na hora certa.

O prémio nobel da economia em 2010, o economista cipriota Christopher Pissarides, desmentiu a Alemanha dizendo que foi a Alemanha e o FMI que quiseram impor uma taxa sobre depósitos, no Chipre. Desmente que tenha sido o governo do Chipre a sugerir a taxa sobre os depósitos. A Alemanha e o FMI concordaram em taxar os depósitos abaixo dos Euros 100 mil, "solução" de confisco que o Governo Cipriota rejeitou.

O nobel da economia em 2010 (em Portugal a participar nas conferências do Estoril) disse que o Ministro das Finanças Alemão Wolfgang Schauble mentiu quando afirmou ter sido o Chipre a sugerir a taxa. Acrescentou que "a austeridade não nos leva a lado nenhum e está apenas a fazer-nos regredir nas nossas relações na zona Euro e na forma como funcionam as nossas economias".

Christopher Pissarides adiantou que o resto do Mundo está a sair da crise e a preparar-se para novos desafios; a Europa fora da zona Euro, os EUA, a Ásia estão a sair positivamente da crise, enquanto a Europa da zona Euro assiste de forma "impotente" à subida do desemprego. Países como a Alemanha e a Holanda preparam-se na hora certa.

Qualquer reforma efectuada agora só tem impacto em 3 ou 4 anos, enquanto a austeridade tem impacto imediato e continuado, dia a dia, na economia.

O nobel da economia de 2010 "abriu o Livro", deu eco à sua revolta contando o que realmente se passou !