Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Faz hoje 95 anos em La Lys

Fórum

  • 333

Um democrata e republicano lançou-nos na 1º Grande Guerra onde morreram, em apenas 4 horas, 7500 jovens soldados portugueses. Um ditador livrar-nos-ia da Segunda.

 É curioso o paralelismo entre a presente situação portuguesa e a que se verificava há 95 anos em La Lys. No dia 9 de Abril de 1918, o dia em que apenas em 4 horas se registou o maior massacre da nossa História. No qual perderam a vida 7500 jovens soldados portugueses.

1 - Hoje, como então, os portugueses foram carne para canhão, sacrificados pelos nossos aliados, enquanto eles recuavam para posições seguras.

2 - Hoje, como então, o desânimo dos portugueses era total. Os mais ricos tinham já desertado. Os mais pobres tinham-se suicidado. A maioria não sabia sequer o que estava ali a fazer.

3 - Hoje, como então, fomos lançados aos leões. Fomos pasto dos poderosos. E mais não fizemos do que tentar sobreviver.

4 - Hoje, como então, não fomos capazes de nos revoltarmos contra quem nos colocou nesta e naquela insuportável situação.

5 - Hoje, como então, morremos aos milhares por falta de assistência médica.

6 - Hoje, como então, continuamos o povo mais inculto e analfabeto de toda a europa.

7 - Hoje, como então, fomos trazidos a uma situação de bancarrota pela mão dos ditos "democratas". Dos chamados Republicanos. Dos que apregoam a Liberdade e a Igualdade. E por elas derrubaram a monarquia e a ditadura.

8 - E nisso não mentiram: hoje como então há realmente igualdade na pobreza e na incultura. Na inveja e na estupidez. Na resignação e no obscurantismo. Na má sorte e na impotência.

Mas nem hoje nem ontem chegámos a esta ruína por culpa de nenhum monarca nem de nenhum ditador.

Chegámos a esta ruína por nossa culpa. Derrubámos os monarcas e os ditadores que tinham muitos defeitos e uma só virtude: a preocupação com a Pátria; e elegemos os democratas que também têm uma só virtude: a de se preocuparem exclusivamente com o seu próprio bem estar.