A última vez que foram para o ar, Mel Greig e Michael Christian celebravam o "sucesso" da chamada falsa para o hospital King Edward VII, que lhes tinha permitido obter informação confidencial sobre o estado de saúde da duquesa de Cambridge. No entanto, desde a notícia da morte da enfermeira que passou a chamada, os dois apresentadores mantiveram silêncio, que só quebraram agora com a entrevista emocionada a um canal de televisão australiano.

"Infelizmente lembro-me muito bem desse momento [em que soube da morte de Jacintha Saldanha]  porque ainda não parei de pensar sobre ele". Em lágrimas, Mel Greig conta que a primeira questão que lhe ocorreu foi "era mãe?"

Os dois apresentadores ligaram para o hospital onde Kate Middleton tinha sido internada dias antes, com uma forma grave de enjoos derivados na gravidez, fazendo-se passar pela rainha e pelo príncipe Carlos. Foi a nfermeira Jacintha Saldanha que atendeu a chamada e que, sem hesitar, a passou para a colega responsável diretamente pela duquela de Cambridge.

Na entrevista ao programa Today Tonight, Greig, em lágrimas, confessou que "não parece real porque simplesmente não se podia prever uma coisa destas por causa de uma chamada falsa".

"Acho que ninguém podia prever que isto poderia acontecer", concordou Christian, acrescentando que ambos assumiram que o telefone lhes seguiria desligado.