O estudo desenvolvido na Universidade do Sul da Califórnia descobriu que apenas um refrigerante por dia pode danificar a memória dos adolescentes, prejudicando a atividade cerebral e afetando a sua capacidade de aprendizagem. 

"Os nossos resultados revelam que o consumo de bebidas com açúcar estão a interferir com a capacidade de funcionamento normal do nosso cérebro, e a memória de informações importantes do dia a dia, pelo menos quando consumidas em excesso antes da idade adulta", diz Scott Kanoski, da Universidade.

Durante o estudo, ainda só com ratos, os adultos e adolescentes tiveram acesso diário a bebidas com açúcar. Os adultos não mostraram alterações a nível cerebral, mas o desempenho dos ratos adolescentes, o desempenho nos testes de capacidade de aprendizagem e memória foi inferior.