Um americana de 80 anos conseguiu aterrar uma avioneta, após o marido, que era o piloto, morrer de ataque cardíaco em pleno voo.

Helen Collins conseguiu manter o sangue frio, pilotar o avião e aterrar em segurança no aeroporto de Cherryland, no Wisconsin, conta a BBC. O filho, James, também ele piloto, deu-lhe indicações pelo rádio do avião, que estava a ficar sem combustível.

De acordo com o filho, a mãe "estava mais tranquila que todos os que se encontravam em terra". Outro piloto levantou voo numa avioneta para acompanhar as manobras da idosa e aconselhá-la a partir do ar.

Durante a aterragem, Helen conseguiu que a avioneta se mantivesse numa linha reta, deslizando na pista durante mais de 300 metros. A idosa sofreu pequenas lesões, mas encontra-se bem.