Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

WWF recebe a Altri na sua Rede Ibérica de Comércio e Florestas

WWF

  • 333

A partir de hoje a Altri, como uma das maiores empresas europeias produtoras de pasta de eucalipto, entra  para uma aliança da WWF com cerca de 300 empresas em todo o mundo, das quais 6 são portuguesas - GFTN (Global Forest & Trade Network).

WWF

Esta aliança representa uma melhoria das práticas de compra e produção de madeiras proveniente de florestas com responsabilidade quer social, quer ambiental, mas também representa um compromisso para uma gestão florestal responsável nas áreas de floresta que a Altri gere em Portugal, mais de 80 mil hectares de floresta já certificada pelo FSC (Forest Stewardship Council).  

A Altri neste momento apresenta uma auto-suficiência florestal que se aproxima dos 30%, é responsável por três fábricas de pasta de eucalipto branqueado - a Celbi, a Caima e a Celtejo - e representa uma produção anual nominal superior a  950 mil toneladas. 

Ao juntar-se ao GFTN a Altri alia-se aos objectivos da Rede que visam melhorar a gestão das áreas florestais, travar a desflorestação e promover a conservação das florestas mais valiosas do mundo, através do consumo responsável de produtos florestais, como madeira, papel e cortiça. 

A Altri junta-se assim a outras empresas de pasta e do papel, como a SCA España ou a International Paper, empresa americana que aderiu à GFTN o mês passado, estas ajudam a WWF a conservar as florestas ao mesmo tempo que promovem a gestão florestal sustentável de plantações florestais. 

 

Pedro Serafim da Altri considera que a integração nesta rede "reforça o compromisso com a sustentabilidade que a Altri tem desenvolvido nos últimos anos, permite conhecer melhor e valorizar os seus principais activos naturais, e promover as melhores práticas de gestão florestal junto dos nossos fornecedores de madeira."

 

Já para Rui Barreira da WWF "o compromisso da Altri é um grande contributo para a protecção dos altos valores de conservação existentes nas áreas de eucalipto e um exemplo a seguir por outras empresas. Trata-se de uma mensagem clara para a produção, adivinhando-se o aumento da procura de madeira certificada nos próximos anos, e para o mercado, indiciando o aumento da disponibilidade de produto certificado para as cadeias de distribuição."