Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Parlamento Europeu deu oportunidade de recuperação às populações de peixes ao votar contra a renovação da frota

WWF

  • 333

Ontem, em Estrasburgo, na França bem cedo o plenário do Parlamento Europeu votou o novo Fundo Europeu das Pescas ( FEAMP ) e decidiu contra a reintrodução de subsídios para a construção de novas embarcações. Nesta votação os deputados incluíram ainda um pacote de empregos para jovens pescadores e treino para práticas de pesca sustentáveis, que era essencial às comunidades pesqueiras.

WWF

 

O Parlamento Europeu votou a favor de duplicar o investimento em recolha, controle e regulamentação de aplicação de dados. Isto significa que as autoridades de pesca têm uma oportunidade real de lutar contra a pesca ilegal que representada por grande parte  dos desembarques. Mais verbas para a recolha de dados permitirá aos especialistas um quadro completo de ações e permitirá aconselhamento quanto às medidas e tempo, mais precisos, para se recuperar, estas poderão assim ser exploradas com mais segurança.

A WWF aplaude esta decisão, uma vez que trará às unidades populacionais de peixes dizimadas uma oportunidade real de recuperação. No entanto, estamos preocupados com a continuação de fundos para substituição de motores que dará a barcos pequenos, de menos de 12 metros, a capacidade de permanecerem no mar mais tempo e assim aumentando o seu alcance operacional.

De acordo com Tony Long , diretor da WWF European Policy Office :

" A decisão de hoje dá às populações de peixes da Europa uma oportunidade de luta real. O financiamento para renovação da frota terminou em 2002 e uma reintrodução destes subsídios traria o perigo de aumento da capacidade de frota, representando barcos com um maior alcance e resultando na destruição das poucas unidades populacionais de peixes saudáveis ??que ainda restam. "

"Hoje desviamo-nos de uma bala, contra a proposta que tínhamos em cima da mesa sobre as medidas de recuperação e ações pelos stocks de peixe, e que foi apresentada este verão. "

"Esta é uma boa notícia para a conservação das populações de peixes e comunidades de pesca que podem olhar para um futuro mais seguro. Importante, os deputados também decidiram investir na recolha de dados, no controlo e execução das pescas, aumentando o orçamento disponível. Isto dará às autoridades a capacidade de realmente combater a pesca ilegal nas águas europeias que corresponde até 40 por cento dos desembarques* e nos permite obter uma visão exata para a taxa de recuperação das unidades populacionais mais vulneráveis. "