Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mesa Redonda sobre 'Agricultura & Biodiversidade' contou com Mark Eckstein, da WWF

WWF

  • 333

 Mark Eckstein, da WWF US esteve esta semana em Portugal para participar na mesa redonda sobre Agricultura & Biodiversidade, no contexto da iniciativa Futuro Sustentável, organizada pelo BES e pelo jornal Expresso.

 

O especialista da WWF em estratégia e desenvolvimento de políticas sustentáveis para as instituições financeiras respondeu às questões do moderador Virgílio Azevedo, jornalista do Expresso, afirmando que, na última década, 'a WWF compreendeu a importância da cooperação com as instituições financeiras, por forma a influenciar as suas opções de investimento para opções mais sustentáveis para o Planeta.'

Na sua opinião, os desafios que se colocam à preservação da biodiversidade mundial - crescimento da população, alterações climáticas, mercados emergentes, terrenos disponíveis para a actividade agrícola vs protecção da biodiversidade, dietas alimentares à base de proteínas vs outras dietas mais sustentáveis, só terão solução se houver um trabalho conjunto em que o sector financeiro tem um papel chave.

Os especialistas em ambiente podem fornecer às instituições financeiras aconselhamento para que o investimento seja efectuado nas actividades e sectores mais sustentáveis (agricultura, pescas, combustíveis e energias renováveis, etc). Só através da correcta definição e implementação de políticas sustentáveis neste sector e da certificação, e do seu incentivo, será possível obter-se esta garantia de sustentabilidade.

A conferência contou ainda com outros oradores que se focaram na perspectiva nacional: Cátia Rosas da CONFAGRI, Ricardo Brito Paes da ANJE, David Crespo e Alfredo Sendim, responsáveis pela apresentação de dois casos de estudo de agricultura sustentável, identificaram alguns dos principais entraves à sustentabilidade do sector e desafios da agricultura sustentável em Portugal.

Mark Eckstein, conservacionista de formação, iniciou a sua carreira nas Ilhas Galápagos onde estudou a dinâmica populacional e a organização social das iguanas marinhas. Depois de passar pela International Finance Corporation e outras instituições financeiras internacionais, combinou, nas suas palavras 'o melhor dos dois mundos' ao serviço da WWF. 

Diz ele: "Acho que a ecologia das instituições financeiras é fascinante. É a expressão máxima da seleção natural no mundo dos negócios. "

Para saber mais sobre Mark Eckstein: 

http://worldwildlife.org/experts/mark-eckstein