Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Assassino de Tigre recebe forte punição

WWF

  • 333

Um homem russo foi condenado por matar um tigre de Amur (espécie em extinção), em 14 meses de trabalho disciplinar tendo ainda de pagar uma multa de 18.500 dólares EUA e tendo a sua arma sido confiscada.

WWF

Durante o decorrer da investigação foi possível provar que a morte foi intencional, e não em auto-defesa, como o homem quis fazer parecer. As provas forenses mostraram que o homem estava a uma longa distância do tigre quando os primeiros tiros foram disparados e ainda que o animal tentou fugir e esconder-se do caçador após os mesmos.

O homem perseguiu o tigre ferido, que fez uma fraca tentativa final de se defender antes do tiro fatal que foi disparado já a uma curta distância. O caçador sofreu um arranhão no rosto e um dedo partido. Se não estivesse tão enfraquecido, o tal golpe final do Tigre teria causado lesões muito mais graves ao caçador.

Os membros da equipa da WWF estão muito tristes com a morte do tigre, com o qual já estavam bastante familiarizados graças aos anos de trabalho de conservação na área.

"Encontravamos este macho todos os anos ao fazer o monitorização do inverno. Ele nunca foi considerado um tigre conflituoso ", disse Pavel Fomenko, coordenador do programa de conservação da biodiversidade na WWF-Rússia Amur. "O exame do seu corpo morto provou que o tigre estava bem saciado e nutrido. E um tigre saudável e bem alimentado não ataca um ser humano, a menos que esteja ferido ou ameaçado. "

Dr. Sergei Aramilev, coordenador do programa de espécies diz: "Só estou contente pelo veredicto de culpado para o assassino do tigres que na Rússia se tem tornando numa norma. Este é o terceiro veredicto de culpado nos últimos três anos para este tipo de crime. "

Existem apenas cerca de 3,200 tigres em estado selvagem. Eles têm sido caçados pelas suas peles, ossos e outras partes que são apreciadas como ornamentos e usados na medicina tradicional. A WWF e a TRAFFIC em parceria, monitorizam uma rede de comércio da vida selvagem e lançaram recentemente uma campanha para aumentar a proteção aos tigres e aumentar a punição de caçadores e traficantes. Tendo ainda convocando os países consumidores de produtos de tigre, como a China, para que realizem campanhas de redução de procura e desencorajador do uso de produtos de espécies ameaçadas.

Campanha de proteção a esta espécie: http://wwf.panda.org/about_our_earth/species/problems/illegal_trade/wildlife_trade_campaign/