Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mudar o Rumo: O que podem as empresas fazer pela Sociedade?

BCSD Portugal

  • 333

Empresários e decisores de políticas reúnem-se amanhã no Centro de Congressos do Estoril para debater o Desenvolvimento Sustentável, na Conferência Anual do Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável - BCSD Portugal.

BCSD Portugal

"Em 2050, nove mil milhões de pessoas vivem bem e em respeito pelos limites do planeta". Esta é uma visão na qual vale a pena nos determos, não só porque é a pedra angular do trabalho do BCSD Portugal e do World Business Council, como a sua simplicidade encerra um caminho longo e complexo, cuja construção está apenas a começar.

Diz quem sabe que devemos manter sempre os olhos na bola. É o maior desafio de todos, é não perdermos o foco sobre o que realmente importa, esta visão para 2050.

O Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável - BCSD Portugal tem uma grande responsabilidade neste desafio, que passa obrigatoriamente por promover o Desenvolvimento Sustentável nas suas diversas dimensões. Somos uma organização que agrega as maiores e melhores empresas presentes em Portugal, podemos dizê-lo com todo o respeito pela verdade. 

E, por isso mesmo, temos o privilégio de ter os meios para ser um parceiro essencial na construção deste caminho até 2050. E se assim é, como vamos fazê-lo? 

As empresas, provavelmente como nenhum outro agente da sociedade, estão bem posicionadas para propor soluções tangíveis; com a sua tecnologia, a inovação, a gestão de competências e acesso a investimentos, reúnem os recursos para por em prática soluções que de facto funcionem. 

Mas as empresas não poderão ter sucesso se trabalharem em silos; estão integradas numa sociedade, interagem com vários stakeholders, cada um no seu contexto.

Trabalhar em colaboração é, assim, uma condição sine qua non para que, sempre sem tirar os olhos da bola, se construa este caminho. Organizações não governamentais, decisores de políticas, entidades governamentais, cidadãos, empresas, todos devem participar, de forma conjunta, na construção deste caminho. 

Até porque, hoje, temos que nos preparar para algo muito diferente. Porque a economia, e por consequência a sociedade, estão a chegar a uma encruzilhada. E as empresas são chamadas a dar o seu contributo e a ser parte da solução.

Esta é também a razão pela qual, na próxima quinta-feira de manhã, dia 27, se reúnem no Centro de Congressos do Estoril, na Conferência Anual do BCSD Portugal, alguns dos mais importantes líderes empresariais nacionais, para falar sobre: O QUE PODEM AS EMPRESAS FAZER PELA SOCIEDADE.

Ao almoço, juntam-se à conversa o Primeiro-Ministro e o Ministro da Economia e do Emprego, para se falar de soluções concretas e de como, em conjunto, se podem materializar essas soluções. Porque será sempre necessariamente em conjunto que se conseguirá optimizar a utilização dos nossos recursos, em prol de uma sociedade melhor.

É um encontro que penso que pode ser o início de uma frutuosa colaboração entre os vários agentes da sociedade.

 

Fernanda Pargana

Secretária Geral BCSD Portugal

www.bcsdportugal.org

26 Setembro 2012