Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mira Sintra - Bairro Sustentável

Sustentabilidade

  • 333

DR

Câmara Municipal de Sintra; Associação Empresarial do Concelho de Sintra; Agência Municipal de Energia de Sintra

Objetivos/Descrição

O projeto tem como objetivo tornar o Bairro de Mira Sintra sustentável do ponto de vista energético, bem como reduzir os custos da gestão energética dos moradores. Para isso, pretendeu requalificar o Bairro de Mira Sintra a três níveis:

  • Conforto térmico
  • Conforto acústico
  • Conforto ambiental

Em termos específicos visou:

  • Aumentar a qualidade de vida dos habitantes, atualmente e no futuro;
  • Promover o desenvolvimento sustentável ao estimular a utilização de fontes renováveis de energia. Isto foi feito através da instalação de painéis fotovoltaicos nos edifícios, sendo que se antecipou que a eletricidade produzida seria vendida à Rede Elétrica de Serviço Público.

Simultaneamente, a requalificação do bairro e o fundo de investimento gerado pela venda de eletricidade possibilitou a colocação de isolamento nas fachadas e coberturas e a colocação de vidros duplos com corte térmico de forma a melhorar o conforto térmico das habitações.



Abrangência Territorial

Bairro Mira Sintra



Parceiros

SelfEnergy; Ecoprogresso; Sotecnisol



Resultados/Impactos

  • Desde Abril 2009 a Setembro de 2010 foram executadas as seguintes atividades: instalação de painéis fotovoltaicos em 4 condomínios do Bairro; distribuição de lâmpadas economizadoras; ações de sensibilização; instalação de micro geração em mais 5 condomínios.
  • O rendimento financeiro bruto da unidade de micro geração do edifício 5 do Condomínio Av. Timor Lorosae, durante o 1º semestre de 2011, foi de aproximadamente 1.900 €. Extrapolando para produção anual, atinge-se os 3.800€.
  • O lucro mensal resultante da micro produção foi de aproximadamente 472€, valor que permitiu exceder o gasto mensal em consumo energético do condomínio em todo o semestre exceto em Janeiro.
  • Esta unidade de micro geração fotovoltaica evitou cerca de 1,25 toneladas de CO2 durante o período analisado.



Financiamento

  • A distribuição das lâmpadas às famílias de Mira Sintra e as diversas ações de sensibilização para a utilização racional de energia e promoção da eficiência energética foram financiadas pela ERSE no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo da Energia Elétrica.
  • A implementação da unidade de micro produção no edifício 5 do condomínio da Av. Timor Lorosae foi efetuada pela Sotecnisol, a empresa parceira deste projeto.
  • A empresa Sonervest (parceira da Sotecnisol) financiou a aquisição do material, suportando os custos para a instalação, licenciamento e

    manutenção desta unidade de micro produção e recebendo, em contrapartida, 75% do valor resultante da energia vendida à rede através da unidade de micro geração durante 20 anos. Após este período, as receitas da venda de energia reverterão totalmente a favor do condomínio, sendo o período de vida expectável deste tipo de equipamento de 25 anos



Período de Execução

2008



Link

http://www.ames.pt/site/noticia.asp?id=136§ion=13