Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Portugal desconhece "incidentes com abelhas" devido ao uso de pesticidas

Alimentação, Agricultura e Pesca

  • 333

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária e a Federação Nacional dos Apicultores de Portugal nada sabem sobre problemas

As autoridades portuguesas desconhecem incidentes com abelhas provocados pela exposição a pesticidas contendo substâncias que estão na mira da Comissão Europeia, depois de terem sido divulgadas conclusões "inquietantes" sobre o seu impacto nestes insetos.

"Não são do conhecimento da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), nem foram confirmados pela Federação Nacional dos Apicultores de Portugal, incidentes com abelhas em resultado da exposição a produtos fitofarmacêuticos contendo as substâncias ativas referidas", adiantou o gabinete de comunicação do ministério da Agricultura numa resposta enviada à Agência Lusa.

Alguns países europeus já decidiram suspender, total ou parcialmente, a utilização de pesticidas com os três nicotinóides em causa (Clotianidina, Tiametoxam e Imidaclopride), mas Portugal mantém, para já, a autorização.